domingo, junho 28, 2009

Stephenie Mayer

Stephenie_Meyer, nascida em 24.12.1973, em Hartford, Connecticut, vive em Phoenix-Arizona.

Acabei de ler a saga Luz e Escuridão (Twilight Series, no original), que contém 4 títulos:

Crepúsculo

Lua Nova

Eclipse

Amanhecer


no total de 2.337 páginas com uma saga excelente para ser seguida por adolescentes (ou adultos como eu, que, se pudessem, se mudavam para o reino da fantasia, onde conviveriam com dragões, duendes, elfos, feiticeiros, vampiros, lobisomens etc etc).


É uma pena as Editoras nacionais terem deixado de apostar em revisores de texto, pois esta saga merecia ter sido bem revista, uma vez que o público alvo são os adolescentes/adultos jovens (o meu caso, hihihihihi), e haver erros destes "tens que saber usar o PUDER que te foi concedido" é vergonhoso, e nem me venham com o novo acordo ortográfico, pois nem com o novo acordo este tipo de erro é admissível. (este foi só um exemplo, infelizmente os 4 livros estão pejados de "exemplos")


Hummm boceses adultos velhos querem saber do que tratam os livros?? Bom, não vou contar a história (teria que escrever 2.337 páginas e agora não tenho tempo), mas os heróis principais são estes:


Há uma adolescente (Bella) que sem ser muito inteligente (não, não é burra, é normal) é bastante cerebral e sabe pensar, um dia encontra um gaijo que lhe deixa a passarinha aos saltos, mas o fulano num lhe liga nenhuma (ligando). Acaba por descobrir que o Edward é um vampiro, bem como toda a família dele.


Mas... são vampiros "vegetarianos" e entenda-se este vegetarianismo como "não bebem sangue humano".


Há o Jacob, adolescente índio, que vive numa reserva, que é também um lobisomem, no segundo livro o Jacob é muito bem mostrado. (a Bella devia ter "aproveitado" que o rapaz é uma "brasa").


E há os humanos envolvidos que não sabem de nada.


No último livro há a criação de um novo ser, que não sendo importante (muito) acaba por o ser, por desencadear quase uma guerra entre vampiros maus (os Vollturi, que vivem em Roma, é há séculos se fazem passar por santos, mas comendo a malta que visita as catacumbas da cidade, e são malvados até para outros vampiros, torturando e matando, se tal lhes trouxer algum beneficio que cobicem ), e os vampiros bons (os Cullen,que é a família de Edward, e os Denali) e os normais (não fazem malvadezas, mas matam pessoas para se alimentarem).


Eu gostei muito, e se aí desse lado está um adolescente/adulto jovem (não tem nada a ver com a idade que consta do vosso BI), recomendo vivamente.

9 comentários:

Majo disse...

Decididamente, algo se passa na blogosfera. Isto é diabbas, vampiros maus, vampiros bons, vampiros assim-assim... E muitos/as já falam desses seres...
Decididamente, vou ter de ler a porra dos livros!

Bjinho ;)

bluefox disse...

Eu adoro fadas, elfos, dragoes, feiticeiros e afins, mas vampiros!... Melher, tenho que dizer que me fazem um medo do caraças e depois não durmo nem deixo dormir o Maridão. Fico acagassada de todo. Num pode!
Beijos

Teresa disse...

Fizeste-me rir, como sempre. Mas não vou ler, obrigada.
Encomendei há coisa de duas horas mais um livro sobre o período Tudor da História de Inglaterra: The Rise and Fall of Anne Boleyn.

A cada um a sua panvada. A tua são os reinos druídicos. A minha (uma das várias) é a Inglaterra Tudor....

Teté disse...

Filmes e livros de terror, com vampiros, ETs e afins, não fazem muito a minha onda.

Quanto às gralhas, por falta de revisão (ou má tradução?), também me chateiam à brava. Um dos últimos que li, "O Segredo da Casa de Riverton", estava cheio delas e era da Porto Editora. Uma pena, que achei o livro fantástico em tudo o mais...

Beijocas enxofraditas!

Lord of Erewhon disse...

Vampiros vegetarianos... LOL!!! O marxismo, o trotskismo e os ecologistas deram cabo do decadente imaginário burguês.

Lord of Erewhon disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Allie disse...

Decidi ler os livros quando vi por acaso o filme. O meu pai tinha ido ao clube de vídeo alugar uns filmes e lembrou-se de trazer o "Crepúsculo" por saber que eu gosto de filmes de terror e por achar que se entram vampiros é porque é terror. Lol. Gostei da história, mas mais pela banda sonora que achei muito boa. E claro, lá fui comprar o livro, entretanto fiz anos e o meu namorado ofereceu-me os 2 que se seguiam e agora em Junho comprei o último. Ao contrário de muita gente (eu diria da maioria) fui ficando desinteressada à medida que ia lendo os seguintes. É muito dificil manter as expectativas que o 1º livro/ filme provoca. A dada altura parecia-me que estava a seguir uma novela à qual vão acrescentando mais e mais episódios.

Rita disse...

As minha R's ofereceram-me o "Crepúsculo" no meu aniversário. Ainda não comecei porque estava a ler "Duas irmãs, um Rei" também dos Tudor e que por sinal adorei e agora comecei o "Anjos e Demónios" mas estou a guardá-lo para as férias porque nessa altura devoro livros, pode-se dizer que sou uma vampira literária...
Jokas

White_Fox disse...

Eu apenas fui arrastado para o cinema para ver o 1º filme, lol.
Mas até que foi interessante!
bjs

Plágio encapotado. Ler post de 10.Abril.2011.