quinta-feira, abril 01, 2010

Saída do armário!


Palavra que não consigo perceber a euforia, foi até notícia na televisão, porque o Ricky Martin saiu do armário.



Para já não sei os motivos do moço se lá ter enfiado (se é que estava lá), mas que treta é esta? Se eu, heterossexual assumida (e assumo porque já fui ver como era se não fosse), não ando para aí a entrar em armários, nem a sair dos ditos, porque raio é que os homossexuais têm que lá estar?


Quando é que este mundinho mal frequentado vai parar de catalogar as pessoas? São pretos, brancos, azuis, verdes, baixos, altos, gordos, magros, gays, não gays… as pessoas são o que são, e não deviam estar em armários!


São bafientos, e muitas vezes atacados pelas traças! Parem com os catálogos, ninguém tem que pedir desculpa ao mundo por aquilo que é, muito menos quando, o que se é, não colide com nada nem com ninguém.


Já vos disse que sou heterossexual? Já?? Mas porque raio é que, então, ninguém me vem entrevistar, nem tirar fotografias?

16 comentários:

Mad disse...

Gosto tanto de ti :))))

Diabba disse...

Mad,
também te amo! ]:-)

bombas disse...

Ó Diabba, as pessoas é que se metem nos armários... Não são metidas... Mete-se quem tem medo de ser "catalogado"... As diferenças existem na realidade entre todos nós. Mas, para mim e para ti não é problema nenhum... Viva a pluralidade de espírito...
Desculpa mas vim ver o teu blogue porque o publicaste no FB...

Diabba disse...

E quem és tu no FB ?? ]:-)

Diabba disse...

Já sei quem és! Ameal - Porto, só podes ser o Francisco :)

Bongop disse...

(Será que vou entrar no armário...?)
:*

Diabba disse...

Bongop, marido...
não há armários na caverna! duhhh
Amo a ti, munto munto.

Teté disse...

Plenamente de acordo!

Só te esqueceste de referir aquelas bolas de naftalina, que ainda dão um pivete aos armários... :)

Beijocas enxofraditas!

ψ Psimento ψ disse...

Pah nunca fui muito de armário também. De qualquer modo acredito que seja importante a existencia de personalidades de vinculação social de diferentes etenias e orientações. Para que se compreenda de uma vez que o "normativo" nem sempre é o "normal".

tronxa disse...

la chegaremos, diabba, la chegaremos, ao dia em que nos os heterossexuais seremos vistos como bichos raros!!!

bjnhssssssssssssssssssssssss e ate sabadabadu!!!

bombas disse...

Sou eu sou, o Franxico Couto do FB... .-)
Para acabar com os "armários" basta deixar de falar neles... Tudo se torna natural....
Eu outro dia disse à minha filha: "sabes Mariana (8 anos) agora os homens vão poder casar com homens e as mulheres vão poder casar com mulheres"
Sabes qual foi a reacção??? Riu-se quase histericamente durante uns minutos... Acho que depende de nós, pais jovens, educar uma nova geração pronta para deixar os catálogos em casa...
O/A tronxa não percebeu bem a tua mensagem...

Diabba disse...

Francisco,
A Tronxa percebeu a mensagem sim, e tal como eu acha que não há que haver armários, é uma brincalhona, e minha amiga pessoal.

tronxa disse...

a tronxa gosta de ser sarcastica, bombas!!

eheheheh
bjnhsssssssssssss diabbita mai linda!!!

(sorry, nao te poder ter dado muita atençao hoje, prometo que para a proxima tudo será mais calmito!!)

Rafeiro Perfumado disse...

No caso dele o armário era assim para o transparente...

refemdabd disse...

Agora com tanta malta a sair dos armários que eu até fiquei alarmado! Mandei colocar fechaduras nos meus, e antes de abrir um que seja grito sempre: "ESTOU ARMADO"...(em parvo!) hehehehe!
Sempre pensei que o pessoal Gay tivesse um cromossoma tipo de vampiro! Quer dizer...porque é que se escondem todos em armários?! Nhica-se, deixem-se disso pessoal...a não ser que gostem mesmo é na escuridão ;)

AEnima disse...

Eu percebo eles enfiarem-se em armarios. Infelizmente o mundo nao e' feito so' de gente mente aberta e por razoes profissionais muitos se enfiam nos armarios dos empregos para nao levantar sobrancelhas, ne? (se fosse ao rafeiro eu teria cuidado e' com os armarios do escritorio... nao com os de casa!)

No caso deste, uma coisa e' ele assumir-se agora, depois de milionario e vida feita, outra bem diferente e' assumir-se em inicio de carreira, a qual foi feita 'a custa de miudas histericas que sonhavam casar com ele um dia. E' surreal mas e' verdade... psicologicamente ainda faz muita diferenca.

Como dizes tu muito bem, estupido e' estarmos a dar tanta importancia ao facto agora que nao tem importancia nenhuma. E no fundo, ja toda a gente sabia! :D

Beijinhos e obrigada por posts destes!

Plágio encapotado. Ler post de 10.Abril.2011.