segunda-feira, dezembro 13, 2010

Crise, esse mito moderno

Há séculos que observo os humanos, gostam de deuses, e também de demónios (obrigado, obrigado), criam mitos, matam realidades. Não sei o que querem.



O último mito é o da crise, anda tudo louco com uma tal de crise que, confesso, não sei o que seja.


No início pensei “oh valha-me a concorrência, querem lá ver que a tal crise vai matar um porradão de humanos com fome? Vou ter que arranjar espaço extra no Inferno”, mas depois verifiquei que não, as almas continuaram a chegar com a cadência do costume.


Decidi subir, e ver o que se passava, e que vi eu? Humanos bem vestidos, muitos deles (mais que muitos) vivem nos chamados bairros sociais, mas isso não é impedimento para terem roupas de marca, e carros com boa cilindrada.


No fim de semana passado abriu uma grande superfície de electrodomésticos, e eu pensei “estes humanos são loucos, então não sabem que, com a tal crise, não vão conseguir vender nada?”, e claro fui confirmar a suspeita.


Enganei-me, aquilo estava apinhado, não havia lugar para estacionar o caverna-carro, e dentro da tal superfície comercial era o inferno, puro e duro. Centenas de pessoas a comprar, a comprar (sim: a comprar).


E dei comigo a pensar noutra coisa… “desde que se começou a falar da tal crise, os preços não têm subido em flecha, e os juros bancários até desceram, então os da habitação, ui ui que sabe tão bem pagar menos 150€/mês”. Portanto ao invés de falarem mal dum tal senhor-que-diz-que-é-engenheiro, porque é que não lhe agradecem?


Os humanos são uns ingratos.


Mais, passei a respeitar o trabalho dos jornalistas, que entrevistam uns pobrezinhos, que dizem não ter emprego, nem coisas para comer, nem o que vestir, nem onde morar, cum catano, é um trabalho de investigação digno de louvar, devem ser tão difíceis de encontrar.


Não acreditam em mim? Saiam à rua e olhem em volta.

9 comentários:

tronxa disse...

a verdade é que, pelo que me chega aos ouvidos, os centros comerciais estão cheiinhos e de gente com sacos de compras!!!

acho que nos tentam impingir a bendita crise, como nos impingiram o terrorismo e as gripes das aves e a A, alem de outros que ja passaram e mais virão!

tirem o S da crise e vao ver que é bem mais agradável!!

bjnhsssssssssssss diabbita consumista!!!

ihiihihihi

Ana Vidazinha disse...

Shiiuu, não agoires, não vá esta crise acabar.

Por acaso nalguns aspectos tem sido uma boa crise, mas a minha teoria para o ano ter corrido bem em termos de movimento no meu trabalho, é que os animais também andem a stressar com a crise e fiquem ou mais doentes ou mais hipocondríacos por causa disso.

Vício disse...

em volta de quê?

deve ser um caso de hipocondria monetária...

Libelinha☆ disse...

Crise?... Falta de trabalho?... Não sei onde... O Gafanhoto ainda anda á procura de mecânicos e ninguém quer trabalhar!... Preferem estar em casa com o fundo de desemprego!...

Beijinhos ;P

AEnima disse...

Tu es esperta... estas a descansar o 'pobinho'... Mas sabes que vais cobrar estas frivolidades com factura... caro!

Mas eu vou fechar a caixa porque mais Pandoras nao interessam a ninguem. A nao ser que sejam as de "berloques".

Rafeiro Perfumado disse...

Sair à rua? Com este frio? A mulher pica-se...

verbal disse...

A crise são uns figurantes contratados para aparecerem na televisão a dizer que lhes falta o pão à mesa. Porque basta olhar para o pais real e ver os centros comerciais cheios, as salas de espectáculos esgotadas, meio mundo a andar de carro como a gasolina fosse de borla!!!
Crises destas que venham mais, até porque isto é promoções, descontos, talões, ofertas que nunca mais acaba. Nunca mais é Natal!!!!

ψ Psimento ψ disse...

Eu acredito, eu acredito!! E agora no Natal é que vai ser a crise. Vamos querer comprar qualquer trapinho e já vai estar tudo esgotado!! E nos saldos?? A crise vai ser tão grande que aposto em saldos de 99% este ano…
Beijos

Alien David Sousa disse...

Diabinha, eles compram mas colocam a despesa no cartão de crédito e quando este atinge o seu limite choram a valer porque não há dinheiro para os disparates que fizeram. Quando chegam à 2 prestação de uma máquina de lavar ficam em pânico porque não sabem como pagar as restantes prestações.
Enfim, é o gastar sem pensar. Mas as consequências irão surgir mais tarde, o que viste foi uma ilusão...acredita! Os humanos não têm neurónios ;)

Beijinhos diabinha cor de labareda

Plágio encapotado. Ler post de 10.Abril.2011.