sábado, outubro 01, 2011

As odisseias de um motard



Começo por confessar que não sou exactamente fã incondicional de BD, isto apesar de ter a caverna entupida de "livros de bonecos", mas com os anos comecei a ler para além do Tio Patinhas e sobrinhos, para além do Asterix (gosto muito), e mais importante conheci humanos, ditos adultos, que se perdem a discutir personagens como se de humanos reais se tratassem "ahhhh as mamas da Red Sonja... uiii".

Depois de uns anos de resistência comecei a acompanhar o diabbo-marido à Tertúlia-dos-Cromos-da-BD (até vão saltar com a injúria, hihihihi), organizada, sempre, pelo incontornável Geraldes Lino, onde para além do jantar há convívio com artistas, e fãs de BD.

Ora nesses jantares, e por forma a dinamizar/alegrar ainda mais o convívio são feitos sorteios de livros/revistas/jornais/fanzines sempre sobre BD.

No último jantar (ok ok só fui a 2 jantares) aquiri 5 senhas, e... milagre calhou-me UM LIVRO A SÉRIO!! (desculpem-me mas, fanzines, comics com um número aleatório e em língua que eu não perceba, jornais de mil-novecentos-e-carqueja, não é coisa que me alicie), e melhor ainda, o autor/desenhador estava presente e foi ele que me entregou o livro em mão. Sorte hein?? Não é para todos.

Claro que me aproveitei dele logo ali, e pedi dedicatória no livro, e ele, simpático até mais não, prontificou-se logo a fazer-me a vontade. Obrigado Luís Pinto-Coelho.

Agora quanto ao livro:

Chama-se "as odisseias de um motard" e já vai no nº 5 (agora vou ter de procurar os outros 4), e conta em pequenas histórias, as histórias do Tom Vitoín, um motard que não troca a sua moto por nada deste mundo, e tem o mesmo problema que eu tenho com os livros: É incapaz de se desfazer das motas que vai tendo, ainda guarda a primeira, toda desfeita em peças dentro de uma caixa "que um dia re-montará", pelo que sempre que sente saudades vai ver as fotos da "moça".

O desenho é mesmo, mesmo, o meu género, gosto de bonecos com ar de bonecos, da clareza e cores dos mesmo, tudo muito "limpo", gostei das histórias, só me pareceu que o autor precisa de aprimorar o seu poder de síntese, dizer o mesmo, com menos palavras. Confesso que me parece existir texto a mais, que tapa o que não deve ser tapado: Os desenhos.

Recomendo a leitura, mesmo àqueles que não sejam (como eu não sou) motards, pois conseguimos rever-nos na maior parte das histórias.

Muito obrigado Luís Pinto-Coelho, foi um óptimo presente. ]:-)

9 comentários:

Bongop disse...

Sortuda...
:P

:)
:*

tronxa disse...

como eu o entendo!!!

desde que comprei a motoreta, o carro ficou paradito e só sai para ir às compras...

ontem estava sem bateria!!!

ehehehehe

e so nao tenho a minha primeira mota, porque ma roubaram, uns fdp, que o mais certo e terem-na desmanchado toda sem qualquer respeito pela sua dignidade!!!

bjnhssssss miga!!

AEnima disse...

Tu tem cuidado... estas a ficar mais geek que ele! :) Isso pega-se!!

BlueShell disse...

Conheço vários motards,...
Olha ...fui ler o Post de 10 de Abril: "salta em cima desse gajo" e da editora...não há decoro....não há decência!!!

Bj
BShell

Vício disse...

as histórias do Tom são muito boas!
podes considerar-te com sorte em receber um prenda dessas.

Diabba disse...

Bício,
E fez um desenho no livro, tenho um livro único. Roi-te. ]:-D
E o autor é simpático, muito simpático.
]:-D

Diabba disse...

Blue Shell,
Este livro sobre motards está muito catita, lês com um sorriso de princípio ao fim.
Quanto ao plágio: Sabes qual é o castigo?? O tal livro não vende, NÃO VENDE!! ]:-D
Confesso que isto me diverte mais do que qualquer guerra em Tribunal, coisa que pensei, mas achei melhor não fazer, não só pelo desgaste, mas também, e principalmente, por que "até má publicidade é boa publicidade" e não quero ser eu a dar azo a que se fale do tal livro que está nos escaparates, mas... NÃO VENDE!!
]:-D

Rafeiro Perfumado disse...

Ainda te vou ver num desses encontros vestida à personagem da BD. E nesse dia, minha filha, croma da BD serás.

Beijocas!

paulo brito disse...

ah e tal o vicio da banda desenhada um livro deixado ali, outro acolá e foste apanhada!

acontece às piores. e estão quase todos os DVDs, antes que te lembres de me incendiar.

Plágio encapotado. Ler post de 10.Abril.2011.