domingo, maio 13, 2007

Coragem e Preconceito

Se há coisa que não aturo é gente preconceituosa, seja lá qual for o preconceito!

Mas há gente com coragem acima da média, vou colar aqui uma notícia que li no "Portugal Diário" (29.Abr.07), onde fica demonstrado que há uma senhora, algures por aí, que bate todas as marcas, pois além de ter casado com outra senhora, fê-lo num país muçulmano onde tal acto é proibido com a pena de morte e, não casou com uma, casou com QUATRO!

Ora se os homens têm direito a ter 4 esposas, parece lógico que ela também possa, parece-me lógico a mim... a conversa é bem diferente para as gentes do país onde decidiu cometer tal acto de loucura!

Faço-lhe uma vénia senhora! (mas sempre lhe digo que tem coragem ao cubo, uma já dizem que é difícil, agora aturar 4, é dose!)

Cá vai a notícia:

Um grupo de cinco lésbicas está em fuga na Nigéria depois que uma delas se ter casado com as outras quatro, contrariando os mandamentos da Sharia, a lei islâmica, conta a BBC.
A Sharia foi adoptada há sete anos no Estado de Kano, no norte do país, onde o casamento foi realizado no último domingo.
Aunty Maiduguri e as suas quatro «esposas» terão fugido para um lugar desconhecido no dia a seguir ao casamento.
Um porta-voz da polícia de Kano disse que as forças de segurança não estão a procurar activamente pelas mulheres.
Mas há um grupo que opera em Kano que utiliza voluntários para fiscalizar o cumprimento da Sharia como se fosse uma espécie de «polícia islâmica».
O grupo Hisbah, que é independente da polícia, mas recebe apoio financeiro estatal, disse que o casamento foi «inaceitável».
De acordo com a lei islâmica, os casamentos homossexuais são proibidos e considerados crimes graves.
O lesbianismo é também ilegal segundo o Código Penal nigeriano, e o Parlamento do país está a pensar endurecer as leis contra a homossexualidade.
O teatro onde a cerimónia ocorreu foi demolido por ordem das autoridades da cidade de Kano. Várias razões foram dadas para a demolição, incluindo a descoberta de que a construção foi erguida no lugar errado.
O Islão aceita que um homem se case com até quatro mulheres, desde que tenha condições de sustentá-las.

33 comentários:

Mulheka disse...

Ora... (penso eu enquanto bebo o meu
Beirão com 3 pedras de gelo)
Uma mulher com essa coragem tem MAIS tomates que um homem, SENDO ASSIM... não vejo o porque de tanta preseguição à senhora...
Haja mais gajas assim!!!!

Beijo sem preconceito

Afgane disse...

Isto é caso para dizer que é um casamento das diabas que não lembraria ao diabo he he he. Apesar de considerar um desperdício de mulheres cada um tem a orientação sexual que quiser, para mim o importante é que sejam felizes e o resto é "conbersa". Eu estou infeliz pois o meu FCP perdeu e isso é imperdoável he he he. Mas falando a sério, detesto fundamentalismos seja de que espécie for e acredito na igualdade plena entre sexos, direitos e deveres, não concordo nem discordo da poligamia muito embora seja um conceito que não encaixa na minha maneira de ser. E depois o que faria eu com várias mulheres? Enlouquecia certamente, se não consegui compreender as minhas ex e foi uma de cada vez imagine-se com 4, um manicómio
beijos

Luna disse...

Isso é um assunto que tem estado presente na minha vida ultimamente e que realmente so quando uma pessoa se ve dentro dele é que se apercebe se tem ou nao preconceitos...
beijooooo

Melões Melodia disse...

Eu tive que lutar contra os meus, supera-los quer por mim quer pelos outros.
Continuo com uma lingia afiada, mas e so para me rir de mim, quando me rio dos outros.
Ja tive os meus preconceitos e ja fui vitima deles, mas para surpresa minha, quando estamos no meio deles, eles tendem a desaparecer, e afinal pelo menos no nosso pais, nada e tao mau como parece.
Outros ha, onde ainda ha muito trabalho a fazer.
Vai la e continua a pica-los.

Enfim... disse...

eheheheh ganda maluca assim é que é verdadeiramulher lol, podia era ter sido com 4 homens eheheh tinha ficado muito melhor lol

Bjokas

Boa semana

Sandokan disse...

Esta noite, o luar
é um corpo branco de mulher
no azul do ar,
reclinado,
roçando a fronte do poeta
eternamente dos céus enamorado.

Mas eu sou teu Amigo,
companheiro de
longas caminhadas.
Amigo
que não esquece a estrada,
porque ela é
uma doença romântica,
um assunto do coração,
uma metáfora da vida.
Anda, vem caminhar comigo
indiferente
a esta mais longa e
violenta caminhada,
porque terás sempre
a minha
SOLIDARIEDADE

*

Vem comigo, então, ao
http://lusoprosecontras.blogspot.com

Actriz Principal disse...

Ó Diabba, desculpa lá, mas há aqui um detalhe que me está a fazer espécie: se o casamento homossexual é proibido na Nigéria, como raio é que a senhora casou com as outras 4?
Afinal de contas, quem as casou?

Lamento estar a cortar a fantasia, até porque fantasias com 5 mulheres (ainda por cima potencialmente exóticas) podem ser geniais, mas... bolas... serei a única a pensar isto?

Diabba disse...

Mulheka,
pensas logo bebes? uiii filosofia de bolso... k medo! hihihihi
Não percebes a perseguição?? "Islão" diz-te alguma coisa?

Afgane,
és do Fê Cê Pê?? quem diria... eu é mais bolas de berlim.
Pronto tinha que vir logo a fantasia do homem misturado com várias mulheres, oh mentes com a libido aos saltos, pensem k na realidade não dão conta do recado (muitas vezes) com uma, quanto mais com 4!!

Luna,
eu não tenho preconceitos, mas não gostaria de ser vitima deles, se não fosse hetero, eu nunca sairia do armário, além disso não me aprece que as pessoas tenham que dar justificações da sua vida privada! Eu não justifico perante ng a minha heterossexualidade!

Diabba disse...

Melões,
que preconceitos? medo de ser cortado às fatias pela tua forma de estar e de pensar?

Enfim,
caramba 4 homens daqueles, com aquela mentalidade? coitada, só se fosse muito masoquista e desejasse profundamente ser escrava de 4 ditadores!

Sandokan,
hã?

Actriz,
não te sei responder, mas ao que sei, os casamentos são perante um representante da religião, cumprem os rituais e saiem casados, não há papeis, nem tretas como nós cá temos.
Para se divorciarem tb é simples, dizem "divorcio-me de ti" 3 vezes e já está, ficam divorciados, tb sem papeis!
Provavelmente o casamento é a mesma coisa.
Ou seja, na nossa visão "civilizada" eles não são casados, vivem em concubinato, portanto, não sei kumé k foi o casório!

Bia disse...

é caso para dizer: "ganda maluca"

mas afinal ela tinha pelo menos € para as sustentar? hehehe

Melões Melodia disse...

Isso e uma onga historia para ser dada a conhecer a pouco e pouco no meu canto

marco disse...

a ganda mulher!! grande orgia de mulheres..é assim mesmo!!! beijo orgiado pa si!

Minerva McGonagall disse...

Voltaste, IUPIII!!!

Diabba disse...

Bia,
devia ter, parece ser condição para errarem tanta vez, hehehehe

Melões,
grunffff, sou tannnn paciente... grrrr

Marco,
ai ai, ficas logo ka pila aos saltos só de imaginar o mulherio! homens... pffff

Minerva,
e ainda bem que tu voltaste aqui!

caditonuno disse...

eia! festa todas as noites (e manhãs se elas quiserem)! lol

mas, apesar da coragem, se alguém dá informaçoes acerca do paradeiro delas, estao mortas. pura e simplesmente!
só se já estao noutro país. a vida é delas.

libertynus disse...

hihihi, tb com 4 de uma vez...

Topo de Gama disse...

Sinceramente ( e porque hoje me sinto do contra) porque razao haviamos nos de fazer disto uma grande cena?? Eu acho isto horrivel! Um gajo ter 4 mulheres é tao mau quanto uma gaja ter 4 mulheres!!!

O ke achas fantastico na noticia? o facto de ser uma mulher? ou o facto de ser uma homossexual?

mas falando agora Mais a serio... a noticia é realmente chocante.. mas nem precisavamos ir tao longe pra notarmos esse preconceito..ne??

bjins de veneno!!!!!

Diabba disse...

Caditonuno,
os homens só pensam nisso? imaginarem aquelas mulheres sexualmente juntas? Tarados! O post não é sobre isso!

Topo,
o post é sobre o preconceito, só escolhi um exemplo.
É claro que o preconceito mora ao lado de todos nós, muitas vezes mora dentro de nós.

peace_love disse...

ah que grandes malucas! São gajas com tomates!

Rafeiro Perfumado disse...

E um rafeiro, poderá casar com quantas rafeiras? Se for com muitas, antevejo uma súbita mudança de religião!

Diabba disse...

Peace,
não, tomates acho k não há lá por casa! hihihihih

Kanito,
é público kos dogs são poligâmicos!

Teresa disse...

Com esta história também fica provado que há critérios mais seguros do que a orientação sexual para classificar as pessoas. Como tu, abomino preconceitos. Mas também não tenho paciência para gente estúpida. Heterossessuais ou lésbicas pouco importa, as quatro mulheres da molhada são irremediavelmente estúpidas, só varia o sexo do seu amo e senhor (será que, se pudessem sair à rua às claras também iam andar uns passos atrás da outra?).

Faz-me lembrar a anedota muito parva do fulano traumatizado com o seu nome de José Merda. Depois de uma guerra sem quartel à burocracia saiu vitorioso e conseguiu mudá-lo. Para Manuel Merda.

Luna disse...

Eu até ter a certeza achava que isso era uma questao normal sem problemas cada um tinha a sua tendencia e pronto...
Mas o facto de conhecer o "casal" agora faz-me impressao e uma delas ja conheço ha imenso tempo o que ainda me fez mais confusao perguntei porque e ela respondeu assim "é uma opçao q tomei, os homens ja me desiludiram muito, é uma opçao e gosto muito desta opçao" talvez por isso tenha usado essa palavra...

beijoka giganteeee

AEnima disse...

Oh diabba... tambem pode haver papeis envolvidos. Por exemplo, no Irao, o homem so pode casar com mais 3 mulheres se a primeira aceitar que ele se case. Se a primeira nao quiser, pode divorciar-se legitimamente. Mas a primeira tb so tem esse direito se ele assinar um documento antes de casar para lho dar. A mulher casada tambem nao pode viajar sem a autorizacao por escrito do homem. Mas se ele assinar um documento antes de casar a dizer que ela pode viajar, entao ela ja pode viajar sem a autorizacao dele, mostrando esse documento na fronteira. Enfim... uma complicacao de leis!

Sandokan disse...

Hã?! Hã... o quê?!

Para que são tantos preconceitos se nós somos do tamanho do que vemos e não do tamanho da nossa altura?

Hã?!

Deixo-te este meu poema:

A casa está vazia.
Subo as escadas e tu apareces,
às vezes,
com as cores do Outono.
Vejo um vulto, és tu
que me deixas uma marca
sobre a minha palidez.

Já não queres aprender
com o passado e só preferes
gritar, chegar ao fim da vida
para então descobrir
que não viveste.

Já não falas e não te moves,
e no entanto a minha vida estremece,
assaltada pelos teus gemidos profundos.
O pranto cresce nas ruas da amargura
porque abandonas a terra,
olhando para trás.
Então,
agora vislumbras a beleza
e a alegria que nunca tiveste,
porque os medos em que viveste
te impediram de ser feliz.
Os meus dedos continuam a fechar
os olhos...
dos guerreiros mortos.

Quero agradecer, respeitosa e sinceramente, a todos aqueles que fazem do "nosso"

http://lusoprosecontras.blogspot.com

um ponto de encontro onde a Amizade, a Paz e o Bem nos fazem sentir e viver a vida com mais AMOR.

BEM-HAJAM!


Felicito-te, também, por me presenteares com este teu maravilhoso blogue. Gosto muito de aqui "ancorar".

White_Fox disse...

Realmente é preciso coragem!!!

Charmoso disse...

Há lá gaja do caralho, foda-se. Casar com quatro mulheres é obre,.... dasseeee

jorgeferrorosa disse...

NOS SOPROS DENUDADOS DO VENTO

Nas fúrias do vento, dispo o meu corpo, deixo-o todo nu, no agasalho da natureza, despido das emoções porque o vento me embala.
Com ou sem lágrimas, sem de mais nada me importar, rasgo a pele, faço a depilação e encontro-me desencontrando-me entre o silêncio que enfeita o universo. Sonhos que não realizo, corpo que abandono na noite escura, antes da lua, antes dos momentos, vedando todas as ofertas e acolhendo o ar tomar a minha natureza, esta que a devolvo à terra que me espera!
Lágrimas que morreram, fúrias escondidas, danças perdidas... sem compreensão, apenas aborrecendo-me, apenas de lança bocas a importunar, simplesmente isso que ainda leio na atitude vingativa. Apenas vou embora e deixo a mensagem, deixo a promessa de não prometer, deixo todo o deixar de deixar exactamente o que se deixa... a lágrima da ausência.

Jorge Ferro Rosa
Porto, 16.05.2007 - 21:16
Gostei do blog e adoro orquídeas, mas as palavras possuem diversas vertentes, novos rostos e é necessário caminhar, com o sapato que melhor se adaptar ao pé. As massagem aos pés são importantes, faço-o a mim por vezes. A vida tem incursões, rostos todos diferentes, e algo que apróxima, ou algo que também se rejeita a si.
Cada qual é como é! Caminhe-se, lance-se fora os preconceitos, sejam eles de que natureza forem, o que interessa é que as pessoas se sintam bem. Chega de discriminações, de bufos invejosos. Chega de tudo isso.

Teresa disse...

Estás bem arranjada!
Desculpa, mas estou a rir coimo uma doida!!

Beijo enorme.

Diabba disse...

Vou começar o comentários aos comentários com um grande, ESTÁ TUDO DOIDO??

Luna,
eu luto contra os meus preconceitos, quando não consigo afasto-me discretamente.

Aenima,
pois eu tb suspeitava que algum papel devia haver, mas por outro lado podia ser esta mentalidade europeia a não me deixar aceitar outras fórmas de fazer o mesmo, hehehehe

Kabir,
coisa nunca vista, o Tigre da Malásia a insistir em... em... olha em ké que tu estás a insistir? Sou uma diabba inculta, suspeito que há poesias(??), sonetos(??) que não me dizem mesmo nada! Ahhhh Bedi, não vou a convite a blog nenhum, por norma tomo-os de assalto!!

White,
coragem para ser mulher, e fugir ao padrão.

Charmoso,
hummm tou a ver que viste mesmo qual era o cerne da questão...

Jorge,
tu todo nú? Depilado? E adoras orquideas? Porra, isso é ké poder de sintese... ou querias dizer o quê?
Tens a certeza que gostas do meu blog? Deve ser por todos os post's serem poeticos e andarem a pular de nenufar em nenufar...

Alien David Sousa disse...

LOL Antes de mais para o comentário final dirigido à senhora!

Sim, eles dizem que nós mulheres, UPS eu sou uma Alien, que as mulheres são difíceis de aturar, assim, estou como tu...coitada desta senhora.


E sim o preconceito é um dos patamares mais baixos a que o ser humano pode descer.

Os meus votos sinceros de felicidades para estas 5 senhoras. Coragem não lhes falta. E sim, por vezes é preciso chegar a extremos para as pessoas olharem para situações absurdas. Como a proibição do casamento homossexual. É preciso olhar para estes casos para as pessoas pararem para pensar.

O que é que eles têm de tão diferente de nós (heterossexuais)? Porque que raio não têm direito a coisas a que muitos de nós já não damos importância, como o casamento?

Porque raio não podem adoptar e dar amor a crianças que tanto necessitam e que esperam anos em orfanatos?

Não entendo o preconceito, a homofobia. Assim como não entendo qualquer outro tipo de preconceito.

Há anos foi preciso uma grande mulher de coragem, negra, se recusar a levantar de um autocarro, para que a atenção fosse focada para os direitos dos negros. Ficou para a história.

Os preconceitos foram feitos para serem derrubados, mas vão sempre existir pessoas que não têm o que é preciso para viver em comunhão com outros seres humanos.

Porra! Todos diferentes,todos iguais. Faz sentido para mim.

O que não faz sentido é não fazer sentido para outros seres humanos.

Beijinhos maligna diabinha lol
p.s tão cedo não esqueço que me queres grelhar

Elisheba disse...

Se é proibido como casaram???!!


(imagino a carrada de "objectos" a pilhas:) que elas devem ter lá por casa!!!!!!!)

Gioconda disse...

bem.... eu ia dizer o mesmo que a actriz principal disse, mas como ela disse e tu já rrespondeste.... saio a assobiar de fininho....

Plágio encapotado. Ler post de 10.Abril.2011.