quinta-feira, maio 03, 2007

Crianças Para a Rua!!


A Segurança Social quer, até 2009, retirar mais de duas mil crianças das instituições onde vivem, disse esta quinta-feira, no Porto, Edmundo Martinho, presidente do Conselho Directivo do Instituto da Segurança Social.
«Há neste momento 10 mil crianças institucionalizadas, queremos promover a desinstitucionalização de 20 a 25 por cento», afirmou o responsável, embora considere que é um objectivo «ambicioso».
Para preparar os jovens para a vida fora das instituições, sendo que para a maioria a solução não é a adopção, Edmundo Martinho aponta a os apartamentos de autonomização, as famílias de acolhimento e o regresso às famílias biológicas, desde que haja condições de segurança.
Depois de ler isto, não estão com vontade de mudar de País?
Como é que alguém se atreve a "ambicionar" livrar-se de 20 a 25% das crianças que estão entregues a Instituições de recolhimento??
Hellooooooo... Dahhhh... sou só eu que sei que as crianças, quando são recolhidas nessas Instituições já estão num nível de risco para lá de altíssimo?
Apartamentos de autonomização?? Para quem? Para os miudos?? Lembro que, por norma, os miudos são "postos a andar" aos 18 anos! Então... vão por miudos de que idade a viverem de forma autonoma nos apartamentos??? 12 anos? 15 anos? Está tudo louco?
O regresso à família biológica também é, uma ideia maravilhástica!!! Caramba, que inveja por não ter sido eu a tê-la!!
Pois, eles foram retirados (à familia biológica) só para passarem férias nas Instituições, não foi?? É hora de regressar ao carinho e amor da familia, que os faz passar fome, lhes bate e muitas vezes os viola. Estão a prepará-los para a vida não é?
Ahhhhh como eu odeio gente que pensa como os Sr. Edmundo Martinho!! Só querem reduzir custos financeiros não é?? e os outros custos não importa que aumentem não é?

15 comentários:

Mulheka disse...

É sempre a andar para trás... será que os senhores que "governam" têm os olhos nas costas e não na cara?!? É que não dá para entender como é que é possível...
Ao dar a minha opinião estaria a repetir a tua, é exactamente a mesma! Se foram retiradas dos pais biológicos, não foi por uma razão branda, voltar a enviá-los para lá seria a mesma coisa que lhe dizer que é assim a vidinha, azareco, não se pode fazer nada. Aguenta-te, aos 18 sais de casa se quiseres e arranjas-te conforme puderes. Já para não estar a falar dos outros exemplos. É revoltante!

Teresa disse...

O disparate impera. Por todo o lado, a todos os níveis, em todos os quadrantes. Todos os dias, nos noticiários, oiço falar de uma qualquer nova medida. Sábia, astuta... genial.
Frequentemente dou comigo a exclamar para a televisão coisas como "Está tudo doido ou quê?!"

Mas agora o mais importante é que voltaste!
Um grande beijinho.

Teresa disse...

E agora que voltaste... tens um desafio cretino na Gota.

Outro beijinho.

Tuxa disse...

As minha palavras sao o eco das tuas. Irreal.

Bia disse...

É o que eu digo... Isto é tudo uma roda gigante e a imagem de marca é uma nota de 500,00€...

somos 1 país de tristes... e temos anormais no "poder"

bjs e bom fim.de.semana ;)

Afgane disse...

Cara amiga,
A vida já de si é muito injusta e para as crianças essencialmente. Os filhos não são acidentes na vida dos pais é precisamente o contrário. As instituições são instrumentos que servem para gerar dinheiro que vão parar aos bolsos de alguns que vivem à custa das crianças que aí vivem. Infelizmente não é só neste país que isso acontece. Aqui a diferença é que as pessoas são nomeadas por compadrio, cunhas ou recomendações de amizade, estes nomeados, na maior parte dos casos só querem ganhar dinheiro seja à custa de quem for. Resta-nos fazer ouvir a nossa voz na esperança que alguma coisa mude para o bem das crianças
beijos

Diabólica disse...

É de facto repugnante.
Tens a certeza que esse sr não estaria totalmente bebado, quando proferiu tamanhas afirmações????

Tens toda a razão no que dizes, eu profissionalmente já andei no terreno e é excatamente o que dizes.

Imbecil, atrasado mental, que meta lá os filhos dele e que deixe estar todos aqueles que já sofreram q chegue.

Beijinhos.

Topo de Gama disse...

Bem, ha gente pra tudo... Se calhar os filhos desse cabrao até iriam preferir sair de casa!! kem sabe??

bjs

marco disse...

ola diabinha em pessoa!!!
nem vou fazer comentarios acerca disso!
continue a infernizar a nossa vida sua diabinha!!

White_Fox disse...

Ainda bem que já voltaste!
Sim, realmente só neste país é que acontecem estas coisas...

solitarioh2005 disse...

pois parece-me que tem razão.
Afinal as crianças estão nas instituições, porquê? Foram lá passar férias ?
Dizer que 25 % das crianças devem ser despachadas é,de facto, assombroso.

AEnima disse...

oh querida... tem cuidado que a ultima vez que eu disse que algo tuga me dava vontade de fazer mudar de pais quase que era expulsa do "paraiso"... ainda te chutam ai do inferno! eheheheh Nada como uma gaja de tomates para chatear essas mentes estupidificadas com o tempo.

Beijocas, de fora do paraiso.

peace_love disse...

olha olha quem voltou!!!!!!!!!

Rafeiro Perfumado disse...

1º Atão volta-se e não se avisa os vizinhos???

2º Depois não se esqueçam de dar a base de dados dos apartamentos a tipos como o Bibi... cambada de palhaços!

Anónimo disse...

Olá.
É muito bom ver que realmente a sociedade se interessa tanto por estes meninos, mas também não é a postar comentários destes e a criticar os outros que querem fazer que vais conseguir alguma coisa. Ainda por cima alguém com um nick "diabólico".
Pelo menos os técnicos tentam arranjar soluções mas é muito complicado porque a raiz disto não é o estado, são a porcaria de pais que encontramos por aí...o estado só tem que limar aquilo que eles deitaram cá para fora, peço desculpa se estou a ferir susceptibilidades, não quero de forma alguma ir ao contrário do que está a ser aqui exposto por vós, mas isto é como a política, todos falam e ninguém faz nada...quantos de nós contribuimos para que estas crianças tenham um pouco de afecto?? Somos nós que nos dirigimos às instituições para o fazer?! Não, a equipa técnica, composta por 5 elementos para 50 crianças que o faça!! Porque a Carta dos Direitos da Criança diz que todas têm direito à felicidade, mas se os pais não a dão "bora" lá entrega-las aos cuidados do Estado e eles que as façam felizes! Sendo a família má ou boa, as crianças criam desde sempre ligação com elas, trabalhar a reintegração familiar e dotar os pais de competencias é essencial...não censurem algo que vocês não estudaram, porque vai mais além da vossa compreensão, porque felizmente, tivemos a sorte de nunca estar na pele deles!
Cumprimentos a todos.

Plágio encapotado. Ler post de 10.Abril.2011.