sexta-feira, abril 11, 2008

Sandokan



Ok, este post é para almas, vá lá, com mais de 40 anos.

Quem não se lembra do Sandokan?

Aquele pirata que punha as meninas
(e algumas senhoras) com a passarinha aos saltos... oh oh

Bem, acabei de ler o livro que fez nascer tal herói. Sim, eu sei, é um livro para adolescentes, e depois? Sou livre para ter a idade que me apetecer!

O que tenho a dizer? Mal!

Não sei se a culpa é do Emilio Salgari, se é da tradutora da obra, uma tal “Barbara Caruso” mas, colocar o Sandokan, intrépido pirata que matava tudo o que lhe fizesse frente, nem que fosse com o seu “kriss”
(pelo que percebi é um punhal com o gume besuntado de veneno) a dizer coisas como “tigrezinhos, defendam a minha ilha” ou “irmãozinho” sempre que falava com Eanes de Gomera (um português dos quatro costados, como podem verificar pelo apelido) bem... é de mim ou isto soa um bocadito abichanado?

Se calhar no século XIX, quando a obra foi escrita, falava-se assim, os homens choravam copiosamente por qualquer coisinha
(principalmente os piratas, essa gente de coração mole), mas que querem? Não consigo ver as coisas desta forma fôfa!

Começo a pensar que os versos que as crianças criaram, na altura em que a série passou na RTP, tinham alguma razão de ser...

Cá vai a parte de que me lembro:

Sandokan-n-n-n-n Sandokan-n-n-n-
em cuecas e em soutien...
numa noite de luar
Sandokan de cu pró ar
Mariana deu um grito
Sandokan ficou a-fe-li-to-o-o-o-o-o...

Cá está, há aqui bichanice, e os putos da altura perceberam logo tudo!

Um livro a não dar às crianças. Podem ficar com aversão à leitura.

21 comentários:

" JOTA ENE ® " disse...

Um post à Diabba, dos primórdios deste blog.

Vá ... (custa-me a admitir) bem concebido e atrevidote q.b.

Queremos, (eu, falando por todos), queremos mais igual a este.

PS - A passarinha? Num sei o k é!!!
Só sei que o "Mickey Mouse dizia" A minha mãe é uma rata... bom mas isso são histórias de outro rosário!!

Alf disse...

Eu ainda não tenho 40 anos (falta pouco, é certo) mas o Sandokan faz parte da minha vida. Claro que a versão da música que citas tinha que ser cantada às escondidas da minha mãe...

Carlos Rangel disse...

Sanokan o tigre da malásia! É a única coisa que me lembro... :)

Gata Verde disse...

Amiga,corrige a frase:"este post é para almas, vá lá, com mais de 40 anos", porque aqui a jove ainda não chegou lá e lembra-se muito bem daquele olhar!!!!

Beijocas

Teté disse...

Ah, ah, ah! O que já me ri aqui com esse "herói"! Um "tigre da malásia" de coração mole, que derretia as meninas e o mulherio...

Lembro-me de umas colegas de liceu, que trocavam cromos do Kabir Bedi... ahhhh! fartávamo-nos de gozar, que elas já eram crescidinhas práquilo!!!

Não li o livro, mas essas frases realmente são um bocado duvidosas, proferidas por um pirata empedernido...

Na volta, os putos é que tinham razão! :)

Um bom fim de semana aí para o teu inferno!

Maga disse...

diabba, do que tu te foste lembrar!
40 anos??? és mesmo diabinha, não és? eu até fui ao teu perfil ver se sabia a tua idade, mas nada... espertinha!
eu lembro-me... SÓ tenho 37... malvada!
quanto à converseta acho que tens toda a razão. mas de facto, nos relatos do sec.XIX é assim. leste o drácula de bram stocker? eu li aos 11 anos e, há dois meses atrás resolvi reler... digo-te, não sei como aguentei aquele vocabulário aos onze anos! quase precisei do saquinho do vómito! ihihih

Olá!! disse...

Agora já sei que vou andar a cantarolar o raio da música o resto do dia... diacho...
hihi
Era esta e a da Heidi...
Beijos fumacentos

Kunta disse...

Olá Diabba!

Este blog é mesmo uma lufada de ar quente. Já tinha saudades de vir até aqui fazer-te uma visitinha mas ando com uma diabólica falta de tempo.

Quando ao Sandokan, (para a malta com menos de 35 anos fica o aviso de que o Sandokan não é o pai do Sudoku embora a letra da música possa induzir em erro os menos informados)esse grande ícone que faz parte do meu imaginário, lembro-me ainda de parte do 2.º verso da música que rezava assim:

"Mariana (*), Mariana,
foi à guerra e perdeu uma mama..."

(*)musa inspiradora de Sandokan

Uma excelente semana...

Um grande beijinho

Dina disse...

O Sandokan abichanado???
Acabaste de acabar (eu escrevi isto?? acabaste de acabar?? Credo!!)com uma das minhas ...como dizer...recordações da minha adolescência. O que nós sonhámos com o Sandokan...aqueles olhos...ai,ai,ai!!
Agora cada vez que me lembrar do Sandokan vou-me lembrar dele "abichanado"...isto não se faz!!
És mesmo Diabba!!

fumaca disse...

que pena que não tenhas metido a musica com som!
adorava ouvir-te cantar essa letra!

Marta disse...

Ah pois não é do meu tempo, eu sou uma gaja ainda nova! :)

caditonuno disse...

olha que eu nao tenho 40 anos e lembro-me de qualquer coisa do sandokan.

Alien David Sousa disse...

Querida Venenenosa, podes parar de andar a chorar pelos cantos porque estou de volta. Até já te estou a ver a esboçar um sorriso...sua venenosa matreira.

Quanto ao Sandoku, este post é mesmo para maiores de 40 anos? :| Tá mal! Eu não tenho sequer 40 e tenho uma vaga ideia desse ser, até da musica vê lá tu.

Enfim, obrigada pelas dicas, mas com os livros que tenho para ler...esse era coisa que não me passava pela cabeça. Já reparaste que por mais venenosa que queiras ser, acabas sempre por fazer um BEM À HUMANIDADE!
Mas, AFINAL QUE RAIO DE DIABA ÉS TU? SEMPRE A PRACTICA O BEM!?!?!lol

Beijinhos diabinha cor de labareda , vou dormir

vsuzano disse...

rsrsrsrs lembro-me bem do sandokan...

olha cuidado é com a alfange dele...

beijo

Troca Letras disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Rita disse...

Ora eu ainda vou nos módicos 34 anitos mas também me lembro do grande Sandokan, no entanto a minha versão da canção era diferente:
"Sandokan Sandokan
sem cuecas e sem soutien
Mariana Mariana
esqueceu-se do pijama", eu penso que esta versão ainda conseguia ser pior porque aquilo era tudo nu...
Jokas

Diabba disse...

J,
Post idêntico aos feitos nos primórdios?? Tu não me digas que te deste ao trabalho de leres tudo!! Gabo-te a paciência! Hihihihi
Não sabes o que é “passarinha”? Tenho cá para mim que, se não aprendeste até agora... vais morrer na ignorância.

Alf,
Se ainda não tens 40, então as tuas recordações, estão lá longe, e convenhamos que não tens as mesmas recordações que as meninas, adolescentes, na altura... hihihihi... ou vais-me dizer que achavas os olhos do Sandokan lindos e que se pudesses o tinhas arrastado para uma ilha deserta?? (olhando desconfiadamente mode)

Gata Rafeira,
Ahhhhhhhh tu já eras uma gata matreira?? Não me digas que com 5 anos já olhavas para os olhos lindos do Kabir Bedi, e aquele turbante? Ui ui

Teté,
Não confessas que viste, mas “ai e tal, havia quem fizesse colecção de cromos”... hummm, faltam muitos na tua caderneta? Hihihihihi

Maga,
Se te deixa contente, sou mais velha que tu uns... cof cof cof... dias! E não, nunca li o Drácula, essas histórias de encantar não me seduzem, muito sangue, muita mordida e tal, e se ainda têm diálogos como o Sandokan... ainda bem que avisas!

Olá,
Sandokannnnnnnn Sandokannnnnnnnnnnn (cantarolando o musicol), também sei a da Heidi...
Yó leró kiku kiku leró... avozinho diz-me tu quantos pêlos tens tu no yó leró kiku kiku leró...
Hihihihihi

Kunta,
Uma lufada de ar quente faz sempre falta... tendo em conta que o porteiro da concorrência não sabe o que é Primavera, qualquer dia neva!
Hummm acho que vou aproveitar os bocadinhos das letras que me deixam para fazer a letra completa!

Dina,
Eu acabo com qualquer ilusão, sou uma diabba do pior! Cá pra mim o Sandokan e o Eanes de Gomera (coloquei o apelido, para não poder ser confundido com uma múmia que já foi presidente), tinham um caso, choravam tanto nos braços um do outro que eu estou seriamente desconfiada!

Fumaca,
Isso de “adorares ouvir-me” só o dizes porque nunca ouviste a minha voz! Ahahahahah

Marta,
Não sabes o que perdes, tinha uns olhos lindos e a falar italiano, ai ai

Amarela,
Raios... já voltaste?
Não percebes que eu, com estas NÃO indicações de leitura, privo a humanidade de ler clássicos? Eu sou uma diabba do pior! (tufando o peito de orgulho)

Vsuzano,
Cuidado?? Coitado, deve estar mais velho que a Sé de Braga, nem com o alfange pode!

Troca Letras,
Este blog não serve para fazer publicidade, pelo menos não serve para comentadores que não comentam. Vou apagar o teu comentário. Ficas avisado, não comentas és apagado, e não aviso mais!

Rita,
Oh moça, tu vais-me desculpar, mas é que devias ser mesmo muito criancinha, como é que te lembras?? Cá pra mim tens uma memória que, com esforço, te lembras de passar por uma saída apertada, há 34 anos!

CoRa disse...

Hummmm
Olha.... Pela tua descrição parece sim haver uma certa feminilidade contida do tal guerreiro de espada envenenada, mas o que mais achei estranho é que tenho 47 anos e jamais ouvi falar de tal "dito" herói ... quero crer que deste lado do Atlântico, o filme, seriado ou sei lá-o-quê não "colou". Mas pela introdução aí do You Tube parece ter sido fraquinho, né? Confesso que fiquei curiosa pra ouvi-lo dar ordens aos tigrezinhos... lol

QJ disse...

não sou propriamente do tempo do Sandokan, mas conheço vagamente a história e até tenho um filme dele (da série)

Quanto as crianças ganharem aversão a ler... hummm parece-me que nos termos que as coisas andam elas nascem com aversão à leitura, isso reflecte-se bem nos comportamentos da miudagem e na percentagem que certos programas têm...

Beijos provocantes

Servidores disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Marta disse...

Já contavas aqui a história da Abelha Maia não?

Plágio encapotado. Ler post de 10.Abril.2011.